Capelão PMPB

Um lugar de evangelho, paz, luz e amor.

“Não somos preparados para ver como se apaga a vela das pessoas que amamos (pais, avós, tios, sogros, amigos queridos). Principalmente a dos nossos pais, que nos deram a vida e no amam incondicionalmente.Ver como os seus olhos estão perdendo o brilho, alheios a tudo o que os rodeia, que o seu olhar divaga pelos cantos do seu subconsciente.É difícil ver essas pessoas tornaram-se pequenos e frágeis desta maneira.Não há palavras para descrever esse sentimento.Muita tristeza vê-los na penosa situação de saúde mental (demência senil, alzheimer, acidente vascular cerebral, acidentes cardiovasculares, estados vegetativos, depressão profunda, esquizofrenia ou outro qualquer).Nenhum hospital consegue tomar conta deles como nós mesmos e, de repente, temos que ser enfermeiros ou tornarmo-nos ricos para pagarmos residências para idosos ou doentes com preços exorbitantes.Que desolador que os que deram tudo por você e por sua família um dia te perguntem “Quem és?” .. não por esquecimento ou descuido voluntário, mas por deterioração mental.Difícil compreender que pouco a pouco vão perder capacidades e mobilidade, até chegarem os problemas mais graves de saúde mental, tão devastadores que paralisam a vida, trazendo sofrimento e fazendo sofrer as pessoas que os rodeiam.Demência, depressão, síndrome pós-traumática, psicose, desordem bipolar e tantas outras circunstâncias que ninguém escolhe são desordens do cérebro que, às vezes, falha, assim como um coração ou um rim.É incrível a ausência de recursos públicos e de pessoal disponibilizadas pelos governos para auxiliar esses doentes. Assim, comumente eles exigem todo o seu tempo de forma exclusiva!!!Tenha calma! Tenha paciência! Eles não têm culpa de terem ficado assim!Apenas faça a sua parte, da melhor forma que pode.Nunca saberemos a quem essas doenças podem tocar, até que nos toque um dia. Ou a um dos nossos amados ou a nós mesmos.A falta de saúde mental não é “fraqueza”, é doença.
Esse é o mês da consciência das doenças mentais e, a quem puder, peço um favor: copie e cole esse texto no seu mural.Simplesmente copiar (não compartilhar)Escreva “feito” (neste post) após ter lido até o final.Vou fazer mais um pedido: cuide de todos os seus como gostaria que fosse cuidado por eles.”
Ticiana Soares – Psicóloga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site oficial do Capelão da PMPB - Padre Salvador - 2019 | Newsphere by AF themes.